•   17/08/2010
     
    10
     
    alexa

     Nothingandall    

    http://nothingandall.blogspot.com
    CategoriaEntretenimento
    Votos: 2 | Seguidores: 0
    Parcerias: Sim |  e-mail: nothingandall@gmail.com
    Descrição: Amor, morte, poesia, política, actualidade, futebol, efemérides, solidão, paz, humor, musica...tudo e nada; Here we talk about life, love, death, On this day in History, poetry, politics, football (soccer), solitude, peace, humour, music ... nothing and all.
    Comentários(0) | Reportar | Twittar | Proprietário | Seguir
    •  Últimos Feeds:
       



    • Neste preciso tempo, neste preciso lugar - Manuel António Pina

      No princípio era o verbo(e os açúcarese os aminoácidos).depois foi o que se sabe.agora estou debruçadoda varanda de um 3° andare todo o passadovem exactamente de...

       17/11/14 - 22:44 |

    • Espaço curvo e finito - José Saramago

      Oculta consciência de não ser, ou de ser num estar que me cende, numa rede de presenças e ausências, numa fuga para o ponto de partida: um perto que é tão longe...

       15/11/14 - 22:47 |

    • Poema 17 (de Invenção do Orfeu) - Jorge de Lima

      E esse rebanho de bezerros, cedorecomeça constante sua estrada.as horas moris já curvadasdeslizam nos ossuários. tenho medo.ó vida tão confusa e tão lidada,&o...

       14/11/14 - 22:55 |

    • O SEGREDO DESTAS LÁGRIMAS - Júlio Dinis

      Quem te disse o segredo destas lágrimas,Pra assim me consolares?Quem te disse que a dor que me angustiavaCedia aos teus olhares?Criança, onde aprendeste essa ciência,Ignorada de ta...

       13/11/14 - 22:48 |

    • Trago-te nos braços ao cair da tarde - Maria Aurora Carvalho Homem

      Trago-te nos braços ao cair da tardequando a glicínia cheira na porta do meu corpotacteias a espaço a porta entreabertae reténs o grito na fogueira da bocaconvulsionada e &...

       12/11/14 - 22:45 |

    • No centenário do desaparecimento de Augusto dos Anjos: O Sonho, a Crença e o Amo

      The kiss le baiser (1822 x 1219 x 1530 mm, 3180 kg). collection tate. françois-auguste-ren&ea cute; rodin (paris, 12 de novembro de 1840; meudon, 17 de novembro de 1917)o sonho, a crenç...

       11/11/14 - 22:54 |

    • Já está a decorrer a 9ª Edição do BookCrossing Blogueiro

      Ver a página do evento aquiNothingandall divulga e associa-se à iniciativa que decorre até 16 de novembro e de que Luz de Luma, yes party! é grande impulsionadora! Vamos da...

       11/11/14 - 22:46 |

    • Conjugação - António Maria Lisboa

      A construção dos poemas é uma vela aberta ao meio e coberta de boloré a suspensão momentânea dum arrepio num dente finocomo uma agulhaa construçã...

       10/11/14 - 22:52 |

    • Poema H - António Maria Lisboa

      Sei que dez anos nos separam de pedrase raízes nos ouvidose ver-te, ó menina do quarto vermelho,era ver a tua bondade, o teu olhar ternode borboleta no infinitoe toda essa sucessã...

       10/11/14 - 22:42 |

    • Senhora da Guadalupe - Hunald de Alencar

      Senhora de guadalupeera a lágrima da tarde:da janela se stavamduas torres de saudades.os cristais eram mais beloscom os verões juvenis:o piano tinha uma salapovoada de boleros.mas era a ...

       09/11/14 - 22:44 |

    • ABISMOS - Teiexeira de Pascoaes

      Por abismos sem fim, vou caminhando...E o mais profundo abismo é o alto céu.E que vertigens sempre sinto, quandoMe inclino sobre a luz que amanheceu!É um abismo a oraç&atil...

       07/11/14 - 22:47 |

    • CANÇÃO - Cecília Meireles (+ fado cantado por Amália Rodrigues)

      Pus o meu sonho num noe o no em cima do mar;– depois abri o mar com as mãospara o meu sonho naufragar.minhas mãos ainda estão molhadasdo azul das ondas entreabertas,e a cor ...

       06/11/14 - 22:48 |

    • ESPERO - Sophia de Mello Breyner Andresen

      Espero sempre por ti o dia inteiro,Quando na praia sobe, de cinza e oiro,O nevoeiroE há em todas as coisas o agoiroDe uma fantástica vinda.Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu no Port...

       05/11/14 - 22:53 |

    • FINIS - Heitor Stockler de França

      Talvez não seja o meu amor extinto.Quem sabe? Penso e fico menos triste.E algum prazer só de pensar eu sinto...Só de pensar que o meu amor existe.- E existe, disse ao coraç...

       04/11/14 - 22:58 |

    • CHUVA DE CAJU - Joaquim Cardozo

      Como te chamas, pequena chuva inconstante e breve? Como te chamas, dize, chuva simples e leve? Tereza? Maria? Entra, invade a casa, molha o chão,Molha a mesa e os livros. Sei de onde vens, sei ...

       03/11/14 - 22:42 |

    • Beer or Porto Wine? ... May be both!

      Alfred henry (freddy) heineken was born on november 4, 1923, in amsterdam, netherlands (d. january 3, 2002). he was a major stock holder and president of heineken international, the brewing company bo...

       03/11/14 - 22:34 |

    • Não Me Deixes - Gonçalves Dias (na passagem dos 150 anos sobre o desaparecimento

      Flores perto dum regato imagem daquidebruçada nas águas dum regato,a flor dizia em vãoà corrente, onde bela se mirava…ai, não me deixes, não!comigo ...

       02/11/14 - 22:44 |

    • Fidelidade - Jorge de Sena

      Diz-me devagar coisa nenhuma, assimcomo só a presença com que me perdoasesta fidelidade ao meu destino.Quanto assim não digas é por mimque o dizes. E os destinos vivem-seco...

       02/11/14 - 13:43 |

    • Citação do dia - Campos de Carvalho

      Os homens, as pulgas e as ratazanas se assemelham nisto: que hoje estão vivos mas amanhã estarão mortos, irremediavelmente mortos, e para sempre.in A Lua vem da Ásia (1956)...

       31/10/14 - 22:45 |

    • Ausência - Carlos Drummond de Andrade

      Por muito tempo achei que a ausência é falta.E lastimava, ignorante, a falta.Hoje não a lastimo.Não há falta na ausência.A ausência é um estar em m...

       30/10/14 - 22:25 |